Quando ela dança!


QUANDO ELA DANÇA se livra da máscara mundana, deixa para trás seus sapatos, seus compromissos e suas preocupações desliza para dentro da exaltação envolvendo-se gentilmente, como uma luva sobre sua alma. Quando ela DANÇA, abre o interior, ela viaja e os largos quadris da terra embalam-na carinhosamente de volta para casa. Quando ela DANÇA, alimenta-se dos valores das sacerdotisas e rainhas e a majestade sensual e vibrante dessas mulheres deve vir à tona dentro dela, e a dança simplesmente vem. Na sua DANÇA, às vezes o passado se une ao futuro, e tudo que importa é o momento presente. Cada passo captura sua vida, e a ilumina para que os outros possam ver como um sonho. Quando ela DANÇA, mostra cada parte de sua história. Mas outras vezes, sua história desaparece. Ela é qualquer pessoa que queira ser quando DANÇA. Mas quando ela ñ dança, e os dias passam sem celebração, ela fica impaciente com os outros e consigo mesma. Mas quando ela DANÇA novamente, volta para o templo, ao seu normal e ela sorri, quando DANÇA

Um comentário:

  1. que lindo a sua força de vontade de escrever .bom domingo.

    ResponderExcluir